Só Barroso - Automóveis de qualidade

Falar ao telemóvel com sistema de mãos livres é seguro?

Dois em cada três condutores profissionais têm luz verde para utilizar o sistema de telefone mãos livres, apesar da influência comprovada deste aparelho na distração dos condutores.

30 junho 2016

Segundo um inquérito da FleetNews, cerca de 70,2% dos condutores têm autorização para utilizar este tipo de aparelhos, enquanto que 29,2% revelam que esta é uma prática banida nas suas empresas.

Várias investigações dão conta de que o sistema de telefone mãos livres consegue distrair tanto quanto a utilização manual.

O estudo efetuado por psicólogos da Universidade de Sussex, demonstra que os condutores ficam envolvidos na conversa, a sua visão dispersa-se, estando nesse sentido menos capazes de reagir a potenciais obstáculos e imprevistos.

Os investigadores revelam que a conversação implica a ativação de uma zona do cérebro ligada ao sentido da visão. Desta forma, este sentido está menos focado no ato da condução. No fundo consiste em distrair a visão com conversa.

Este sistema foi apresentado durante vários anos como a solução ideal para a distração imposta pela utilização do telemóvel enquanto se conduz . Muitas empresas, como se constatou, ainda o consideram seguro.

Fonte: FleetNews (adaptado)