Só Barroso - Automóveis de qualidade

O carro autónomo da Google é mais cuidadoso perto de crianças

Apesar de já ter causado 16 acidentes em testes na Califórnia, todos por falha humana, a marca garante que o seu carro autónomo está cada vez melhor.

04 novembro 2015

O gigante americano tem vindo a aperfeiçoar desde 2009 o seu carro autónomo, capaz de conduzir sozinho. A tarefa não se tem adivinhado fácil e um dos desafios é precisamente fazer com que a máquina consiga prever o comportamento humano. Ora, com a quantidade de crianças que sai à rua para celebrar o Halloween, esta foi a altura perfeita para a Google testar a segurança do seu futuro carro autónomo.

Graças a ao software inteligente e aos sensores cuidadosamente colocados em volta do carro, é possível identificar qualquer pequeno rebelde de meio metro, mesmo que esteja mascarado com o seu disfarce do homem-aranha preferido. Com essa informação, o carro percebe que se tem de comportar de maneira diferente, devido à imprevisibilidade que as crianças representam na via pública.

Um bom condutor sabe sempre quando deve redobrar a sua atenção, sendo este mais um passo em direção ao objetivo da Google de simular a condução humana. Gostaríamos que fosse possível melhorar a condução de alguns humanos assim tão “facilmente”.

Fonte: RA