Só Barroso - Automóveis de qualidade

Toyota lança mapas de alta precisão

A Toyota anunciou que está a desenvolver um novo sistema de navegação com mapas de alta precisão, que facilitará a introdução no mercado com total segurança da condução autónoma.

23 dezembro 2015

A tecnologia, que cruza dados recolhidos pelas câmaras do veículos com dados do sistema GPS, será apresentada no Consumer Electronics Show, em Las Vegas, já em janeiro.

O novo sistema usa veículos de produção equipados com câmaras para obter imagens detalhadas das estradas e informação sobre a posição do veículo. Esta informação é depois enviada para call centers, onde é imediatamente processada, corrigida a atualizadas, para criar o que a Toyota garante ser uma nova geração de mapas de grande exatidão.

A Toyota entende que é essencial ter um conhecimento preciso das estradas, das restrições de tráfego e das regas (incluindo limites de velocidade e outros sinais), para garantir o sucesso e a total segurança da introdução no mercado dos carros autónomos.

Até agora, este tipo de informações era obtido através de veículos especialmente construídos para o efeito e equipados com scanners lasers 3D, que percorriam cidades e estradas para recolher dados, que eram depois editados manualmente e completados com informações diversas, como a sinalização. Além de ser um processo caro e demorado, esta recolha de dados não é tão frequente como seria desejável e por isso os mapas não são atualidados regularmente, o que limita a sua utilidade.

O novo sistema da Toyota usa uma tecnologia automática de geração de informação, baseada na cloud, desenvolvida pelo laboratório central de investigação e desenvolvimento da marca japonesa, para criar mapas de alta precisão atualizados em tempo real e com uma margem de erro inferior à dos mapas gerados a partir dos scaners laser 3D.

A Toyota acredita que esta nova tecnologias será um elementos central do seus sistemas de condução autónoma, que estará disponível em todos os seus veículos de produção em série, a partir de 2020-. Embora a utilização do sistema esteja inicialmente limitada a auto-estradas, os objectivos da Toyota apontam para que ele venha a cobrir estradas normais e contribua para reduzir a sinistralidade rodoviária.

Fonte: AM