Só Barroso - Automóveis de qualidade

Volvo aposta na condução autónoma

A Volvo está a desenvolver uma versão do SUV XC90 com capacidade de condução autónoma. Os primeiros 100 carros vão circular já em 2017.

20 fevereiro 2015

Volvo

Planeia visitar a Suécia nos próximos anos? Se sim, não estranhe se encontrar um carro a circular com o condutor a ler uma revista. A Volvo anunciou em conferência de imprensa o próximo grande passo da marca com o objetivo de desenvolver carros com capacidade de condução autónoma – projeto Drive Me. Trata-se de um projeto-piloto onde 100 carros vão ser capazes de circular em modo autónomo em algumas estradas selecionadas em Gotemburgo, a segunda maior cidade da Suécia.

De acordo com a Volvo, os 100 carros vão ser entregues a clientes da marca para que possam ser utiliziados normalmente no dia-a-dia. O objetivo é testar a condução autónoma em condições reais, ao contrário dos testes que têm sido feitos em condições controladas.

Para a Volvo, este teste será fundamental para analisar o máximo de dados de modo a comprovar a fiabilidade da tecnologia e, assim, evoluir para a produção em série de carros autónomos.

O sistema tecnológico vai assentar num conjunto de sensores com base em câmaras, lasers e radares, que são complementados por mapas 3D. Deste modo, o computador de bordo é capaz de comparar em tempo real a informação do terreno captada pelos sensores com o mapeamento digital transmitido pelos servidores da Volvo – o carros vão estar ligados ao sistema via redes móveis.

Para garantir a máxima segurança, os responsáveis da marca sueca informaram que os XC90 vão incluir sistemas redundantes. Por exemplo, se uma câmara deixar de captar imagem devido à incidência direta de luz solar, as outras câmaras serão capazes de compensar. Também o processamento de dados será duplicado. Se o sistema principal falhar, um sistema secundário terá capacidade de estacionar o carro em segurança.

Quando inquiridos sobre as restrições legais e atribuição de responsabilidade em possíveis acidentes, os investigadores da Volvo indicaram que estão a trabalhar com as autoridades para criar a legislação adequada e que os carros vão estar equipados com aparelhos para registar os acontecimentos, de modo a que seja possível identificar facilmente as causas dos acidentes. 

 

Noticias Relacionadas:
Carro autónomo da Google na estrada este verão

Fonte: Exame Informática